Danielbiologo's Blog

Aviso Para Quem Visitar A Minha Casa

Posted in PETS..., Textos Diversos Recebidos by danielbiologo on 20 de dezembro de 2010

Quando quiser me visitar fique a vontade, mas lembre-se:

Lembre-se de que os cachorros e os gatos vivem aqui, você não.

Se você não quer pêlos de cachorro e gato em suas roupas, fique longe dos móveis e do sofá.

Sim, eles têm hábitos desagradáveis. Eu e você também. E daí?!

CLARO que eles cheiram a cachorro e gato. . Já percebeu como nós, humanos, cheiramos ao final de um dia de trabalho? Coloque-se no lugar de alguém que tem um olfato 400 vezes mais sensível que o seu e sempre o receberá com explosões de carinho no retorno ao lar.

É da natureza deles tentar cheirar você. Por favor, sinta-se à vontade para cheirá-los também.

Se existisse algum risco do cachorro mordê-lo, eu não o deixaria se aproximar de você. Porém, não posso impedi-lo de responder a agressões que podem ocorrer até em pensamento, seja para com ele, seja para comigo a quem devotam fidelidade. Os animais percebem, tenha certeza!

Se um cachorro tentar lambê-lo é porque aprova sua presença e quer demonstrar isso carinhosamente a você; e lembre-se que cachorros não mentem ou fingem.

Você já tentou beijar, dar um carinho em alguém e recebeu em troca um empurrão?

Aqui cachorros e gatos recebem os devidos cuidados veterinários, alimentação sadia e cuidados higiênicos.

Sua companhia é altamente recomendada pelos médicos, e a maioria das doenças que contraímos ao longo da vida com certeza  são transmitidas por outros humanos.

Há diversas situações nas quais cachorros são preferíveis a pessoas (eu gosto deles mais do que da maioria das pessoas) Afinal de contas, sempre podemos confiar inteiramente em sua fidelidade e sinceridade.

Para você eles são simples cachorros e gatos.

Para mim são pequenos filhos adotivos que andam de 4 e não falam tão claramente.

Eu não tenho problema em nenhum desses pontos. E você?

Seja bem-vindo.Volte sempre que quiser. Sempre respeitando-os, por favor!!!

…são “meus filhos”.

Os animais são mais sensíveis que nós, bastando se aproximar para distinguir  com clareza verdadeiros amigos de pessoas falsas.

…portanto se ele não te lamber, ficarei preocupado[a] com você.

Autor desconhecido

Recebi este texto do meu amigo Luis Eduardo,

coloquei algumas fotos dos meus “filhos” e postei aqui…

Anúncios

Vida real … mais um “causo”

Posted in PETS... by danielbiologo on 19 de dezembro de 2010

01.01.1994-26.02.2008  &  23.01.1997-09.08.2010

…encontrei este “causo”, ocorrido anos atrás;

Quando passeava com minhas cadelas na lagoa da Conceição em Florianópolis, uma moça ao volante de uma caminhonete, me perguntou;

-São da raça Labrador?

-Retriever do Labrador – respondi.

-É um casal?

-Não, e apontando para as cadelas disse; esta é a Bryza que é mãe da pequena Maré.

Ao saber que eram duas fêmeas, interessada a garota perguntou;

-Você quer cruzar?

-Não posso porque sou casado – respondi.

Tive que rir e continuei a caminhar … hehehe

Sociedade …

Posted in Meio Ambiente, Pedala Floripa e Bicicletas por aí..., PETS..., Treinos e Corridas., Uncategorized by danielbiologo on 2 de dezembro de 2009

“Quem quer viver e fazer parte da Sociedade tem

que seguir as Regras, leia-se; Respeitar as Leis que

visam “regrar” o Convívio e o Bem Estar Coletivo”.

Daniel Costa

Cães-Antídoto contra envenenamento?

Posted in PETS... by danielbiologo on 5 de maio de 2009

Realmente não sei até que ponto funciona, não testei e espero não ter que usar mas…

ANTÍDOTO CONTRA   E N V E N E N A M E N T O 
Dr. Marcel Benedeti recomenda como agir em caso de suspeita de envenenamento de animais.
“Quando houver a suspeita, dar água morna salgada ou água oxigenada 10
vol. (uma colher de sopa), que , em contato com o estomago, vira água morna
salgada e faz o animal vomitar . Em seguida, dar ATROVERAN (1 gota por kg de peso de 6 em 6 horas), que é o melhor antídoto para venenos do tipo 1080 e chumbinho. ”
Tenha sempre Atroveram por perto e repasse esta informação para as pessoas que você conhece. Isso pode salvar vidas.
O carvão vegetal também ajuda muito em envenenamentos (inclusive em humanos ), pois é absorvente. Já existe, nas farmácias, em comprimidos.

NÃO DEIXE SEU CÃO PRESO.

Posted in PETS..., Publicados por aí ... by danielbiologo on 11 de janeiro de 2004

Prender um cachorro o deixa mais agressivo, neurótico e psicologicamente mais desequilibrado. Seu cachorro só tem duas formas de defesa, uma é proteger-se ou fugir, a outra é atacar. A um cachorro preso só lhe resta à opção do ataque, já que a fuga é impossível e qualquer coisa é uma ameaça para ele, cães que sobrevivem nessas condições desenvolvem temperamentos instáveis e perigosos. Levando os mesmos a latir em demasia, o que além de incomodar a paz dos vizinhos e a nossa, prejudicam os cães (que latem em excesso). Latidos crônicos causam tanto estresse ao animal que podem prejudica-lo fisicamente. O cachorro pode passar a sofrer desde úlceras até problemas em seu sistema imunológico. Latir em demasia é um problema que, para ser resolvido, geralmente necessita da ajuda do dono, pois se torna um ciclo vicioso – quanto mais o cachorro late, mais ansioso ele fica e passa a latir cada vez mais furiosamente. Isso pode irritar os vizinhos de tal maneira que, não encontrando meios para se livrar do problema, poderão tentar envenenar o animal (fato ocorrido com minha família). Devemos lembrar que latidos podem ser úteis e que o problema só existe quando o cão late em excesso. Se ele latir quando um ladrão estiver invadindo sua casa, se o gás estiver vazando ou, ainda, se sua casa estiver pegando fogo, isto certamente poderá significar a sua vida! Por isso é importante que você elimine as causas do comportamento que possam estar levando seu cão a latir em excesso, alguns dos motivos podem ser: Isolamento, Alívio de estresse, Medo, Fome sede ou algum desconforto, Desejo de chamar a atenção, Poder passear pelo quintal, notar que todas as causas se aplicam a cães presos a correntes e/ou confinados em pequenos espaços. Cães são animais sociais que necessitam de companhia: caso fiquem presos ou afastados da família certamente terão problemas. É sempre bom informar nossos vizinhos de que estamos nos esforçando para solucionar o problema. Muitas vezes eles podem nos ajudar a resolver a situação ou até nos informar das causas dos latidos. Caso eles não nos possam ajudar de maneira nenhuma, só de saber que estamos nos preocupando, com certeza ficarão um pouco menos furiosos conosco e com nosso cachorro, e talvez assim evitar atos selvagens por parte destas pessoas sem escrúpulos e de mentalidade pequena que atacam nossos cães.
Estes textos foram baseados de bibliografia sobre cuidados e comportamento canino, escrito por especialistas no assunto.

Biólogo Daniel de A.Costa