Danielbiologo's Blog

Distância é Relativa?

Posted in Cicloturismo Urbano, Pedala Floripa e Bicicletas por aí... by danielbiologo on 20 de dezembro de 2010

Tenho que ir “até” o continente. É uma expressão muito comum quando tenho algum compromisso na parte continental de Florianópolis. Da minha casa até meu trabalho são 16 a 17 km e até o continente dependendo, aumenta mais 5 a 15km. Isso é muito longe, sempre que penso em ter que pegar o carro, enfrentar normalmente filas, os famosos congestionamentos e depois procurar lugar para estacionar, para ter segurança um estacionamento pago, combustível, poluiçao,…..blá, blá, blá…….

Vou de bike. Quando penso assim a grande distância começa a se transformar em um caminho cheio de opções prazerosas. Iniciamos a planejar a ida, por onde ir ou passar, caldo de cana na esquina, onde estão os monumentos, aquela casa antiga e linda que fica escondida entre dois feios prédios. Pensamos em evitar ou não aquela subida do Morro da Lagoa, em ver ou não ver o visual lá de cima, com muitas opções, por mais que tenha feito um planejamento mental é comum mudanças de planos durante a pedalada.

Decidido, “Vou de Bike”! Dependendo do compromisso uma mochila com roupa reserva é necessário, as vezes é algo informal e a própria roupa utilizada para pedalar está boa. Ah, e temos também a opção “Cycle-chic”, podemos sim estar bem vestidos para andar de bicicleta! Pego a magrela e saio a pedalar, começo por uma rodovia sem acostamento nenhum (SC-406) e vou desviando de buracos e cumprimentando algumas pessoas conhecidas pelo caminho, decidi na ida não subir o Morro da Lagoa deixando o mesmo para a volta. Vou pedalando as vezes com mais força, outras só passeando, cruzo a ponte pela passarela (suja) na ponte Pedro Ivo, que passa por debaixo do asfalto dos motorizados. No mar, vejo um pescador jogando a tarrafa e dois barcos de remo com seus “atletas” e sigo pedalando. No continente consigo observar detalhes e descobrindo a cidade (de novo) chego ao meu destino. Cheguei cedo é o comércio ainda não abriu suas portas, vou na padaria tomar um café, encosto minha bici na parede ao meu lado. Cumprido o “compromisso é hora de voltar. Sempre seguindo o fluxo regulamentado para as vias e parando nos sinais, minha velocidade média era bastante similar com os carros, eu ultrapassei três vezes o mesmo carro em pouco menos de 1km na avenida. Feita a travessia da ponte pela passarela, segui agora pela ciclovia da Av. Beira Mar Norte. Ao entrar na mesma a sensação de segurança por não ter carros em velocidade e buzinando na tua traseira é bem sentida, é bem melhor pedalar assim e por isso eu “acredito” na viabilidade das ciclovias! Chego no Morro da Lagoa a velocidade é reduzida e devagar vou subindo com motorizados ultrapassando quase sempre acima da velocidade “segura”, no topo faço uma parada no mirante, para descansar um minuto e ver o horizonte. A descida é sempre prazerosa e “facilmente” chegamos a 60km/h, passo pelo centrinho da Lagoa um pouco congestionado e depois sigo pela rua Osni Ortiga, uma das ruas mais perigosas de Floripa pelo excesso de velocidade que “MALtoristas” insistem em imprimir aos seus carros. Faltando pouco para chegar uma parada no caldodecana.com para um saboroso repositor energético.

Foram 26km na ida e 28km na volta em aproximadamente 3h. De carro a distância seria a mesma, com aquela sensação que é longe e o tempo, isso depende do congestionamento mas, sem ele ficaria em algo como 2h + estacionamentos + combustível + etc + etc…

De Bicicleta eu sinceramente esqueci da distância, me preocupei em curtir o caminho.

Sim, a distância é relativa !

Boas pedaladas para todos!

Publicado também no site BioCicleta AQUI.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: