Danielbiologo's Blog

Voltando para casa … relato de alguns problemas

Posted in Cicloturismo Urbano, Imagens & Fotos, Pedala Floripa e Bicicletas por aí... by danielbiologo on 14 de outubro de 2010

Volltando para casa, faltando 15,5km, pedalando pela SC 282 – Rod. Gov. Gustavo Richard (próximo a Passarela do Samba Nego Quirido), na qual o limite de velocidade para os automotores é de 80km/h, que já é elevadíssimo para trânsito urbano, e muito pouco respeitado pelos motorizados. Sem dúvida é um dos maiores desestimulos, geram medo (com razão), para uma grande parte da população que gostaria de utilizar a Bike em seus deslocamentos urbanos. Por este e outros que é imprescindível que sejam implementadas Ciclovias e Ciclofaixas, principalmente em rodovias, avenidas e ruas como esta da foto.

Aumentando a segurança dos ciclistas muitos cidadãos deixariam seus carros em casa e usariam mais as Bicicletas, os congestionamentos, provavelmente não iriam terminar mas, certamente seriam reduzidos. Lembram da citação; “Uma Bicicleta na rua, um carro a menos”. Então?

Depois de alguns km chega-se ao aterro sul, e paralela a Rod.Gov. Aderbal Ramos da Silva, encontramos a Ciclovia para durante alguns kilometros ter certa segurança ao pedalar. Ironicamente a primeira sinalização é uma placa proibindo motocicletas (motorizados) de transitar na Ciclovia. Onde chega a absurda falta de educação e respeito? Não bastasse varias vias destinadas apenas para os motorizados, alguns insistem em “andar” nos parcos metros destinados a todas as Bicicletas e pedestres.

Pedala-se relativamente bem por aqui, há poucas interrupções (passagens), poucos buracos mas, tem que ter cuidado ao passar pelas galerias onde surgem quinas e degraus no meio do caminho que podem desequilibrar um ciclista desatento. Mas como tudo que é bom acaba logo, ao final desta Ciclovia chegamos ao Trevo da Seta. Aqui onde um viaduto está sendo construído com a “falsa” promessa de acabar com as filas (congestionamentos) na região. A Sociedade ainda não “percebeu” que o problema não são as vias urbanas, temos um excesso de carros que as ruas não conseguem comportar e duplicar, construir elevados, viadutos, tuneis não adianta, se a cada dia colocamos mais e mais carros nas ruas…??? No final desta Ciclovia somos obrigados a entrar na “via expressa” onde os motorizados não respeitam a velocidade e nada que está à sua frente (?). O pior de tudo é que as obras acontecem e nada de ciclovia ou estruturas que favoreçam o transporte ativo, pedestres e ciclistas não tem vez, cadeirantes e pessoas com dificuldade de locomoção então ????

Três momentos críticos, quando termina a ciclovia e temos que entrar na via de alta velocidade dos motorizados, no trecho espremido com os carros que desrespeitam o Código de Trânsito e motoristas ditos profissionais que passam como se não existisse um ciclista no bordo direito da pista como manda a Lei. Desrespeitando o CTB como verificamos abaixo;

Art. 201. Deixar de guardar a distância lateral de um metro e cinqüenta centímetros ao passar ou ultrapassar bicicleta:

Art. 220. Deixar de reduzir a velocidade do veículo de forma compatível com a segurança do trânsito e ao ultrapassar ciclista.

Na SC-406 onde não há acostamento transitável uma placa alertando para a presença de ciclistas, é instalada. Se ao menos houvesse o respeito dos motoristas de automotores a placa serviria para alguma coisa. Apesar do CTB deixar claro como deve ser o comportamento do motorista no comando de um carro mas, não é o que observamos nas ruas de Floripa. A certeza da impunidade dá essa falsa sensação de que o MALtorista nunca será multado e pior de tudo é este mesmo MALtorista pelo seu egoísmo individualista pode colocar em risco de morte pedestres e ciclistas que “ousem” estar em seus caminhos !!! ???

 

É, tá difícil mesmo, em poucos kilometros urbanos é isto que encontramos. Por isso, pelo medo dos MALtoristas, muita gente que gostaria de estar com suas bikes, acabam por deixar de pedalar e curtir a cidade como nenhuma outra forma de locomoção permite.



Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: